BC da China decide por novo aumento no compulsório bancário

Publicado em 14/06/2011 07:42 183 exibições
O banco central da China vai ampliar em 0,50 ponto percentual o depósito compulsório bancário. A medida começa a valer no dia 20 deste mês e representa o sexto aumento na taxa neste ano.

Com isso, a alíquota para as grandes instituições bancárias da China vai para 21,5%, recorde de alta como apontou a agência de notícias chinesa Xinhua.

A notícia foi conhecida pouco depois de o governo apresentar dados de inflação do país.

Inflação ao consumidor na China é a maior em quase 3 anos

O índice de preço ao consumidor na China avançou 5,5% em maio, na comparação com um ano antes. Foi a maior leitura em 34 meses, conforme o Departamento Nacional de Estatísticas do país. Em abril, a inflação tinha sido de 5,3%, no confronto anual.

O porta-voz da entidade, Sheng Laiyun, notou que a economia chinesa "ainda está enfrentando pressões inflacionárias significativas", que vão persistir por algum tempo. Segundo ele, como reportou a agência de notícias Xinhua, o governo deve dar grande importância ao tema.

Os preços dos alimentos tiveram alta de 11,7% em maio, no comparativo com um ano antes, depois de elevação de 11,5% em abril. Os produtos não alimentícios subiram 2,9% no mês passado, perante o calendário anterior, na sequência de incremento de 2,7%.

No acumulado dos cinco primeiros meses de 2011, o indicador de preços ao consumidor na China aumentou 5,2%.

O departamento de estatísticas informou ainda que o índice de preços ao produtor teve ampliação de 6,8% em maio, em relação ao mesmo intervalo de 2010. A taxa coincidiu com aquela verificada em abril, mas ficou acima do esperado por alguns analistas.

Fonte:
Valor Online

0 comentário