Primeiro-ministro grego ganha voto de confiança no Parlamento

Publicado em 22/06/2011 07:31 104 exibições
O primeiro-ministro da Grécia, George Papandreou, ganhou o voto de confiança do Parlamento Grego, após receber a maioria dos votos de 155 parlamentares, contra 143 e duas abstenções entre os 300 integrantes da casa.

Com o voto de confiança, Papandreou, que na semana passada havia reformulado seu gabite, após enfrentar um revolta interna de integrantes contrários a um novo pacote de austeridade que reduzirá os gastos do governo e fará com que a União Europeia conceda o montante restante relativo ao pacote de ajuda financeira, saiu vitorioso. Sem tal ajuda, o governo poderia enfrentar uma moratória.

A votação ocorreu em meio a uma discussão acalorada com uma oposição que ao final da sessão se retirou do local. Do lado de fora do parlamento, centenas de pessoas protestavam, com gritos de "ladrões! ladrões!" e outras frases que demonstravam a insatisfação da população com as novas medidas. Os protestantes lançaram lasers de cor verde contra o prédio do parlamento e nos olhos dos policiais que tentavam conter a revolta popular.

Se o parlamento não tivesse concedido o apoio ao primeiro-ministro grego, a Grécia teria de promover eleições antecipadas. Tal medida colocaria o país em situação de descrédito e poderia levá-lo a enfrentar um possível pedido de moratória. O valor a ser recebido pela União Europeia é crucial para manter o país no caminho da recuperação.

Um pedido de default, por outro lado, poderia desatar uma nova tormenta financeira ao redor do mundo, arrastando a Grécia e os bancos europeus a novos sentimentos de medo com relação a um impacto na zona do euro, em especial, em países como Portugal, Irlanda e Espanha.

Antes da votação no parlamento, Papandreou, em discurso à população, disse que "o caminho é difícil, mas há luz no fim do túnel."

Fonte:
Valor Online

0 comentário