Bolsas europeias têm 8ª semana consecutiva de queda

Publicado em 24/06/2011 14:38 305 exibições
O principal índice das ações europeias fechou em queda nesta sexta-feira, concluindo a oitava queda semanal seguida, na maior série negativa desde 1998. O mercado reagiu a incertezas com a crise de dívida da Grécia, em meio à forte baixa dos papéis de bancos italianos. O FTSEurofirst 300 caiu 0,07%, aos 1.074 pontos. No acumulado da semana, o recuo foi de 1,1%.

Os bancos italianos UniCredit e Intesa Sanpaolo recuaram 5,5% e 4,3%, respectivamente, golpeados por preocupações com suas posições de capital e pelo aprofundamento da crise na zona do euro. As ações do UniCredit atingiram a mínima em dois anos.

O índice STOXX Europe 600 para bancos perdeu 1,6%, elevando a quase 10% a queda no ano.
"Houve fortes vendas (de ações) dos bancos, mesmo as dos mais fortes", disse Colin McLean, diretor geral da SVM Asset Management, em Edimburgo. "Há um crescente sentimento no mercado de que alguma forma de default na Grécia é absolutamente necessária. Mesmo se eles aprovarem (o plano de) austeridade, eles não necessariamente vão implementá-lo. Há preocupações com grandes balanços (no setor bancário), risco de prejuízos e falta de transparência".

Em Londres, o índice Financial Times fechou em alta de 0,41%, a 5.697 pontos. Em Frankfurt, o índice DAX caiu 0,39%, para 7.121 pontos.

Em Paris, o índice CAC-40 perdeu 0,08%, a 3.784 pontos. Em Milão, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,61%, para 19.154 pontos.

Em Madri, o índice Ibex-35 retrocedeu 1,31%, a 9.812 pontos, enquanto em Lisboa o PSI20 encerrou em queda de 0,55%, para 6.992 pontos.
Fonte:
Reuters

0 comentário