Obama endossa plano alternativo de redução do déficit de US$ 3,7 tri

Publicado em 19/07/2011 16:11 312 exibições
O presidente dos EUA, Barack Obama, anunciou seu apoio a um plano para redução do déficit de US$ 3,7 trilhões, dizendo que se trata de um programa “amplamente consistente” com uma abordagem sobre o déficit que considera consistente com a sua posição. Em pronunciamento na Casa Branca, o presidente disse que existe potencial para um consenso bipartidário para cortar o déficit e exortou os líderes no Congresso a “falarem abertamente” sobre um plano que possa ser aprovado em ambas as casas.

Obama disse que a proposta do grupo de senadores conhecido como a “Gangue dos Seis” representa um “significativo avanço” nas negociações sobre o déficit que até então tinham falhado em produzir um acordo. Essa proposta prevê corte de gastos, revisão dos programas sociais como Medicare, revisão dos códigos tributários e significativas mudanças na Previdência Social. No geral, a proposta tem como base um pacote de reduções nos gastos apresentado em dezembro pela comissão de redução do déficit da Casa Branca, presidido pelo democrata Erskine Bowles e pelo republicano Alan Simpson.

O presidente disse que até agora os mercados financeiros “mostraram confiança de que a liderança em Washington não vai levar a economia para o precipício”. Obama afirmou que quer manter essa confiança e por isso exortou os congressistas a encontrarem uma solução, em breve. “Não temos mais tempo para nos engajarmos em gestos simbólicos, não temos mais tempo para postura. É hora de arregaçarmos as mangas e resolvermos de fato este problema”, disse o presidente.

Obama quer que os líderes do Congresso comecem a elaborar uma solução final nesta quarta-feira. Ele também voltou a rejeitar um plano dos deputados republicanos de colocar em votação nesta terça-feira uma proposta que eleva o teto da dívida, mas que exige em contrapartida cortes de gastos da mesma magnitude.

Fonte:
Valor Online

0 comentário