No Valor: Câmara dos EUA aprova plano dos republicanos para cortar déficit

Publicado em 20/07/2011 07:58 326 exibições
A Câmara de Representantes dos EUA aprovou ontem à noite, por 234 votos a favor e 190 contra, o plano de redução do déficit do país chamado de “corte, limite e equilibre”. O plano havia sido proposto pelos republicanos, e era esperado que fosse aprovado na Casa, já que eles possuem maioria ali.

A proposta prevê limites estritos sobre todos os futuros gastos federais e torna significativamente mais difícil elevar impostos, além de determinar que o Congresso aprove uma emenda de equilíbrio Orçamentário à Constituição antes de concordar em estender o teto da dívida federal, atualmente em US$ 14,29 trilhões.

É quase certo, no entanto, que o plano não passará pelo Senado, onde os democratas são maioria. O próprio presidente Barack Obama já disse que o vetaria. Ontem, Obama afirmou que os congressistas “não têm mais tempo para se engajar em gestos simbólicos”.

Em vez disso, Obama elogiou as propostas da chamada “Turma dos Seis”, um grupo formado por três senadores democratas e três republicanos. Esse plano, que estabelece cortes de US$ 3,7 trilhões e combina aumentos de impostos e reduções nos gastos, tem ganhado rapidamente o apoio de muitos senadores, incluindo alguns republicanos conservadores, apesar de prever aumentos de impostos. "Estamos vendo agora o potencial para um consenso suprapartidário", disse Obama.

Fonte:
Valor Online

0 comentário