BC vê economia mundial com "sobressaltos" e crescimento fraco

Publicado em 10/08/2011 11:21 179 exibições
O presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, afirmou nesta quarta-feira que o crescimento da economia mundial será "fraco" nos próximos dois anos, enquanto durarem os efeitos da crise financeira, que se agravou na última semana. Para Tombini, que discursou durante a abertura do Seminário Internacional sobre Justiça Fiscal, em Brasília, é preciso ficar alerta para imprevistos no cenário econômico mundial, devido à grave situação financeira das maiores economias do mundo.

"Essa trajetória pode estar sujeita a sobressaltos. O que sabeemos é que o mundo vai crescer menos nesse período. Essa crise tira a força do crescimento. No caso dos Estados Unidos, a maior economia do planeta, houve uma revisão sucessiva das previsões de crescimento, que passou de 3% e hoje está abaixo dos 2% para 2011. Não sabemos quais os eventos ocorrerão, quais os episódios estarão na frente desse processo, o mundo crescerá menos do que se supunha antes", previu.

O presidente da autoridade monetária, no entanto, está otimista quanto à solução da situação fiscal dessas economias. "Haverá, ainda, um nível amplo de liquidez global na tentativa de restabelecer esse crescimento, que será fraco nos próximos anos", disse.

Fonte:
Terra

0 comentário