França e Alemanha pressionam por mais disciplina fiscal na Europa

Publicado em 17/08/2011 11:19 82 exibições
França e Alemanha aumentaram a pressão sobre seus parceiros na zona do euro para melhorar a disciplina fiscal no bloco ao cortar os gastadores desobedientes da região do principal fundo da União Europeia.

Em carta ao presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, o presidente francês Nicolas Sarkozy e a chanceler alemã Angela Merkel recomendaram a suspensão dos pagamentos do fundo europeu de socorro da União Europeia a Estados-membros da zona do euro com "déficits orçamentários excessivos".

Eles também disseram que os recursos dos fundos de coesão e estrutural da União Europeia não utilizados por países da zona do euro que recebem socorro financeiro devem ser associados a um novo fundo, a ser administrado pela Comissão Europeia a fim de impulsionar o crescimento e melhorar a competitividade na área da moeda comum.

As propostas fazem parte de uma iniciativa mais ampla revelada ontem pela França e Alemanha para melhorar a governança na zona do euro a fim de minimizar os temores do mercado e evitar a propagação da crise da dívida europeia.

Entre as propostas de Sarkozy e Angela Merkel está a criação de um novo posto de presidente da zona do euro para ajudar a coordenar as políticas macroeconômicas no bloco e para realizar encontros regulares de líderes europeus.

Fonte:
Valor Online

0 comentário