Principais cargos de comando na Agricultura estão vagos

Publicado em 17/08/2011 20:36 183 exibições
Wagner Rossi pediu demissão após denúncias de irregularidades. Gerardo Fontelles, novo secretário-executivo, não está oficializado.
Com o pedido de demissão do ministro Wagner Rossi, o Ministério da Agricultura fica com os dois principais cargos de comando vagos.

De acordo com a assessoria do ministério, a nomeação do novo secretário-executivo, segundo cargo na hierarquia do ministério, ainda não foi publicada no “Diário Oficial”.

O engenheiro agrônomo Gerardo Fontelles, com 40 anos de serviço público federal, foi indicado por Wagner Rossi para assumir a Secretaria Executiva.

A expectativa, segundo a assessoria da pasta, é de que a nomeação seja oficializada nesta quinta-feira (18). Fontelles já ocupou o posto entre maio de 2009 e março de 2011.

O ex-secretário-executivo Milton Ortolan, auxiliar direto de Rossi desde antes de ele assumir o ministério, pediu demissão do cargo no último dia 6 de agosto, em, razão de denúncias de que teria relações com um lobista.

Não há confirmação de que ao assumir como número dois da pasta, Fontelles seja nomeado ministro interino. Essa decisão ainda deverá ser tomada pelo Palácio do Planalto.
Fonte:
G1

0 comentário