Bolsas e petróleo anulam queda pós-Bernanke e sobem

Publicado em 26/08/2011 15:16 251 exibições
Os mercados de ações globais e o petróleo passavam a subir nesta sexta-feira, em meio à crescente aposta de que o presidente do Federal Reserve (banco central americano, FED), Ben Bernanke, tenha deixado a porta aberta para mais estímulos econômicos, apesar de não ter sinalizado nenhum em seu discurso.

Falando na conferência anual do FED, em Jackson Hole, Wyoming, Bernanke disse que é imprescindível para a saúde da economia dos Estados Unidos reduzir o desemprego crônico, mas não ofereceu novas medidas para ajudar o crescimento.

As bolsas de Nova York anularam quedas de até 2% e os Treasuries, cujos rendimentos estão perto de mínimas históricas, saíram das máximas do dia. Bernanke disse que o banco central vai se reunir por dois dias em setembro, ao invés de apenas um, para discutir medidas adicionais. "Eu acho que a porta está aberta para fazer muito mais, mas não há nada no discurso que mostre que ele tomará medidas imediatas", disse Scott Brown, economista-chefe do Raymond James em St. Petersburg, Flórida.

Os Treasuries de 10 anos estavam em alta, rendendo 2,19%, ante 2,23%, na quinta-feira. O dólar subiu contra o euro após o discurso, mas depois reverteu o movimento. O euro se valorizava 0,71%, a US$ 1.4478.

Às 14h02 (horário de Brasília), o índice Dow Jones, referência da bolsa de Nova York, subia 1,13%, para 11.275 pontos. O índice Standard & Poor's 500 avançava 1,29%, para 1.173 pontos. Wall Street buscava lucrar no caso de o furacão Irene causar interrupções nos negócios de milhares de operadores que moram em Nova York, New Jersey e Connecticut.

Fonte:
Reuters

0 comentário