Cenário favorece investimento em commodities agrícolas

Publicado em 06/09/2011 15:32 505 exibições
As tendências de curto prazo continuam positivas para as soft commodities, de acordo com avaliação do analista da consultoria MacQuarie, John Welch, durante o VI Seminário Internacional do Café, no Rio de Janeiro. "Estamos muito 'bullish' para o café, uma vez que, apesar dos preços históricos, continuamos em déficit entre produção e demanda, o que favorece o mercado no curto e no longo prazo", completou.
 
Segundo Welch, o cenário macroeconômico sustenta o investimento nas commodities agrícolas, que tiveram um desempenho excepcional já no ano de 2010, com o café apresentando a terceira maior alta do setor. E, as tendências de oferta, com a escassez de arábica e o aperto de robusta, também deverão suportar as cotações.
 
"A La Niña já está se dissipando agora, o que significa que o clima deverá finalmente se normalizar, mas as perdas na produção causaram a queda nos estoques em relação ao consumo mundial", afirmou o analista, completando que os preços do café atingiram os níveis mais elevados em 34 anos devido aos estoques extremamente apertados. "Os preços no mercado físico cresceram ainda mais do que os futuros, sinalizando a disponibilidade apertada do produto", explicou.
 
A expectativa é que o bom momento não termine tão cedo, com o crescimento da demanda interna brasileira, a apreciação do real e o ano de baixa produção em 2011/12, dentro do ciclo de bienalidade da cultura, apontados como fatores altistas no longo prazo.
Fonte:
Agência Safras

0 comentário