Grécia e corte do rating da Itália afetam negócios nas bolsas da Ásia

Publicado em 20/09/2011 08:46 147 exibições
Os mercados acionários da Ásia repercutiram o rebaixamento da nota de crédito da Itália e a movimentação com relação à Grécia. Os investidores também esperam o resultado da reunião do Federal Reserve (Fed, banco central americano), de olho em possíveis novas medidas para estimular a economia.

Em Tóquio, o Nikkei 225 caiu 1,61%, aos 8.721,24 pontos, um dia depois de esse mercado ficar fechado por causa de feriado. O Hang Seng, de Hong Kong, terminou com valorização, de 0,51%, aos 19.014,80 pontos. O S&P/ASX 200, de Sydney, recuou 1,01%, ficadno em 4.040,20 pontos. O Kospi, de Seul, avançou 0,94%, aos 1.837,97 pontos. Em Xangai, o Shanghai Composite aumentou 0,41%, somando 2.447,76 pontos.

O premiê italiano Silvio Berlusconi reagiu ao corte do rating de seu país, notando que o governo agiu para equilibrar as finanças públicas e que a avaliação da agência S&P não reflete a realidade.

Sobre a Grécia, os investidores aguardam um desfecho para as negociações com os credores internacionais. Ontem, o ministro das Finanças grego participou de teleconferência com uma delegação de inspetores da dívida. A conversa deve ser retomada hoje.

Fonte:
Valor Econômico

0 comentário