Pessimismo provoca quedas nas bolsas dos EUA e Europa

Publicado em 22/09/2011 11:58 175 exibições
O mau humor dos investidores nos mercados acionários internacionais e indicadores econômicos dos EUA guiavam os negócios em Wall Street. Os agentes estão cautelosos com as perspectivas econômicas globais, com os efeitos da crise da dívida soberana e com a avaliação do Federal Reserve (Fed) sobre a economia americana.

No comunicado divulgado junto a decisão de manutenção do juro, o banco central dos EUA notou que existem riscos de baixa significativos para a perspectiva econômica do país, "incluindo tensões nos mercados financeiros globais". Avisou ainda que vai continuar a prestar atenção de perto para a evolução da inflação e para as expectativas inflacionárias.

Além do quadro econômico, os participantes nos mercados americanos olham para a paridade do dólar em relação a outras moedas e seguem o movimento das commodities.

Há pouco, o Dow Jones diminuía 2,66%, aos 10.829,30 pontos. O S&P 500 cedia 2,24%, para 1.140,68 pontos. O Nasdaq perdia 1,85% e se encontrava em 2.491,33 pontos.

Na Europa, as bolsas de Londres, Paris e Frankfurt operavam com desvalorização superior a 4%.

Fonte:
Valor Econômico

0 comentário