Mais uma pesquisa mostra queda de confiança na economia da Alemanha

Publicado em 27/09/2011 09:07 114 exibições
A expectativa dos consumidores para com a economia da Alemanha piorou em setembro, apontou a sondagem conduzida mensalmente pelo grupo de pesquisa de mercado GfK. O resultado vai na linha de outras duas pesquisas semelhantes – do Instituto Ifo, anunciada na segunda-feira, e a do Instituto Zew, na semana passada.

O índice de expectativas econômicas da GfK tem despencado no últimos meses – passou de 44,6 em julho para 13,4 pontos em agosto e agora em setembro ficou em 4,8 pontos.

Outros detalhes da sondagem, no entanto, não vieram tão ruins. O índice futuro de clima do consumidor – sempre divulgado para um mês à frente – ficou em 5,2 para outubro, mesmo nível de setembro e acima da previsão dos analistas, que era de queda para 5,0. O índice de expectativas de renda também melhorou, subindo de 27,6 em agosto para 35,1 em setembro.

O poder de compra dos alemães aumentou com o enfraquecimento econômico, que reduziu pressões inflacionárias, principalmente em energia e matérias-primas. Como resultado, a propensão a comprar seguiu em nível alto. “Até recentemente, a confiança na estabilidade da zona do euro vinha caindo e, consequentemente, muitos consumidores tendiam a fazer compras mais caras em vez de poupar dinheiro”, disse a GfK.

"Entretanto, a confiança dos consumidores na capacidade de seu governo foi seriamente abalada pelos debates intensos e de certa maneira contraditórios sobre como lidar com a crise de dívida do governo, que ainda não chegou a nenhuma solução decisiva. Essa perda de confiança está agora claramente tendo um impacto sobre o consumo e aumentando a ansiedade”, disse a GfK.

Fonte:
Valor Econômico

0 comentário