Petróleo cai mais de US$ 1 em Londres e recua US$ 2 em Nova York

Publicado em 28/09/2011 14:10 173 exibições
O relatório do Departamento de Energia dos Estados Unidos e o andamento da situação fiscal e econômica na Europa estão na agenda dos investidores nos mercados de petróleo.

O governo americano mostrou que os estoques de petróleo tiveram alta de 1,9 milhão de barris na semana encerrada no dia 23 deste mês, perante uma semana antes, somando 341 milhões de barris.

Também houve ampliação nas reservas de gasolina e de destilados, com aumento, respectivo, de 800 mil barris e 100 mil barris entre a semana passada e a anterior. Com isso, os níveis desses produtos ficaram em 214,9 milhões de barris e 157,7 milhões de barris, na ordem.

Os agentes voltam a questionar se os problemas da dívida soberana estão perto do fim ou não.

Há pouco, em Londres, o Brent para novembro tinha queda de US$ 1,67, a US$ 105,47. O vencimento de dezembro recuava US$ 1,46, saindo a US$ 104,20.

Em Nova York, o WTI para novembro apresentava desvalorização de US$ 2,04, transacionado a US$ 82,41. O contrato do último mês de 2011 se encontrava em US$ 82,66, com baixa de US$ 2,02.

Fonte:
Valor Online

0 comentário