Abertura rápida dos mercados foi perigosa, diz Bernanke

Publicado em 29/09/2011 08:04 128 exibições
O chairman do Federal Reserve (banco central norte-americano), Ben Bernanke, não comentou sobre a economia norte-americana ou a política monetária em discurso sobre os mercados emergentes nesta quarta-feira.

Em vez disso, Bernanke se concentrou em lições gerais que podem ser aprendidas a partir da experiência das economias em desenvolvimento, argumentando que a abertura demasiadamente rápida dos mercados financeiros se mostrou um exercício perigoso.

"As medidas para fortalecer os bancos e a regulação bancária deveriam ser postas em prática antes de o mercado doméstico ser aberto aos fluxos de capital de outros lugares", disse Bernanke em evento em Ohio.

Bernanke acrescentou que, apesar do sucesso de muitos mercados emergentes em gerar crescimento por meio de exportações, esse modelo tem falhas.

"Gerar superávits comerciais ao suprimir a demanda doméstica acaba com a proposta maior do crescimento econômico: melhorar a vida de nosso próprios cidadãos", acrescentou Bernanke.

Parlamentares norte-americanos frequentemente criticam a China pelo esforço de, segundo eles, Pequim manter a moeda local, o iuan, artificialmente desvalorizada a fim de impulsionar as exportações.

Fonte:
Reuters

0 comentário