No Valor: FMI recomenda que América Latina corte juros se crise se agravar

Publicado em 05/10/2011 17:08 146 exibições
A desaceleração da economia mundial vai resultar em uma "piora modesta" das condições nos países que mais crescem na América Latina em 2011 e 2012, de acordo com relatório regional do Fundo Monetário Internacional (FMI). O Fundo recomenda que a política monetária seja a primeira estratégia de defesa caso a crise se intensifique.

Os bancos centrais de alguns países latino-americanos, entre eles o brasileiro, interromperam a elevação das taxas de juros. O FMI, no entanto, só recomenda essa opção em países onde “as expectativas inflacionárias estão ancoradas”.

De acordo com o Fundo, a região deve crescer 4,5% em 2011 e 4% em 2012. Ainda que a desaceleração nas economias desenvolvidas tenha um efeito moderado na maioria dos países, o FMI vê riscos amplos se aproximando.

Uma desaceleração mais acentuada na Ásia poderia atingir os preços das commodities, com impacto significativo sobre esses países, segundo o relatório.

Fonte:
Valor Online

0 comentário