No Valor: Bolsas da Ásia fecham em alta, com expectativa de ação na Europa

Publicado em 06/10/2011 08:05 243 exibições
Os mercados acionários asiáticos tiveram ganhos no encerramento desta sessão, ante dados de emprego melhores do que o esperado nos Estados Unidos e em meio à expectativa de ação na Europa para fortalecer o setor bancário da região.

A chanceler alemã Angela Merkel disse ontem que, se existir a visão comum de que os bancos não estão suficientemente capitalizados para a situação atual de mercado, as instituição devem ter apoio.

Os investidores levaram em conta ainda o resultado da pesquisa da ADP, empresa que processa folhas de pagamento. Em setembro, o setor privado americano adicionou 91 mil postos de trabalho, acima das previsões de muitos economistas.

O destaque ficou com a bolsa de Hong Kong - o índice Hang Seng avançou 5,67%, alcançando 17.172,28 pontos, um dia depois de não haver operações por causa de feriado. O Nikkei 225, de Tóquio, aumentou 1,66%, para 8.522,02 pontos. O S&P/ASX 200, de Sydney, teve valorização de 3,65%, aos 4.069,90 pontos. Em Seul, o Kospi ganhou 2,63%, atingindo 1.710,32 pontos.

Na Reuters: Otimismo com Europa e EUA impulsiona bolsas da Ásia

As bolsas de valores asiáticas fecharam em alta nesta quinta-feira, com cobertura de posições vendidas e caça a pechinchas, por otimismo de que os líderes da zona do euro estejam agindo para ajudar o setor financeiro do bloco.

Também, dados sugeriram que os Estados Unidos podem conseguir evitar uma recessão econômica, aliviando a aversão a risco do mercado depois da intensa onda de vendas desta semana, gerada pelo temor de que a crise de dívida da Europa possa desencadear uma crise financeira global.

'Os dados dos EUA reforçam a percepção de que, apesar da recente deterioração da confiança, a turbulência financeira até agora não causou danos materiais sérios à economia, pelo menos nos EUA', avaliou Hiroki Shimazu, economista sênior de mercado da SMBC Nikko Securities.

O índice MSCI da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia 4,1 por cento, compensando mais de metade das perdas sofridas nesta semana e afastando-se da mínima em dois anos atingida na terça-feira.

Em Tóquio, o índice Nikkei avançou 1,66 por cento, interrompendo uma série de quatro dias de declínio em meio à cobertura de posições vendidas -- quando investidores realizam ganhos ao comprar de volta ações que eles haviam vendido anteriormente em uma aposta na queda dos preços. Os setores de commodities e tecnologia foram destaque de alta.

O mercado de Hong Kong também se valorizou com cobertura de posições, produzindo fortes ganhos em várias ações relacionadas à China que estavam entre as mais vendidas dos últimos pregões. O índice Hang Seng disparou 5,67 por cento.

O índice de Seul encerrou em alta de 2,63 por cento. A bolsa de Taiwan avançou 2,04 por cento. Cingapura subiu 2,94 por cento e Sydney fechou com valorização de 3,65 por cento.

Fonte:
Valor Online + Reuters

0 comentário