RADAR DO MERCADO: Confira os principais fechamentos de NY desta terça-feira

Publicado em 11/10/2011 15:56 396 exibições
Segue abaixo o resumo do desempenho do café,  suco de laranja e algodão na Bolsa de Nova York, ICE Futures US, na sessão desta terça-feira, 11:

CAFÉ: O café arábica encerrou as operações desta segunda-feira com preços mais baixos, seguindo o fraco desempenho das demais commodities agrícolas e mercados acionários. A pressão do mercado se deu com um movimento de realização de lucros por parte de fundos e especuladores, após as altas registradas nesta segunda-feira.

Os contratos com entrega em março/2012 encerraram negociados a 227,45 dólares por libra-peso, com desvalorização de 215 pontos. A posição maio/2012 foi cotada a 228,55 dólares por libra-peso, com perda de 285 pontos.

 
SUCO DE LARANJA: A Bolsa de Mercadorias para o suco de laranja encerrou a sessão de hoje com valorização expressiva. Os futuros estenderam seus ganhos da sessão anterior e encerraram com alta de mais de 400 pontos para os principais vencimentos.

A sessão foi marcada por um movimento de compras por parte de fundos e especuladores que sustentaram o mercado, acentuando a alta dos preços.

Para a entrega em janeiro/2012 fecharam negociados a 157,85 dólares por libra-peso, com ganho de 430 pontos. A posição março/2012 teve preço de 158,05 dólares por libra-peso, com valorização de 435 pontos.

ALGODÃO: Os contratos futuros da pluma encerraram a sessão de hoje no terreno misto. Ao longo da sessão, o mercado foi pressionado pela firmeza do dólar - que reduz a competitividade norte-americana no cenário exportador - e pela queda do petróleo em Nova York.

Os agentes de mercado também buscaram um melhor posicionamento frente ao relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) desta quarta-feira - que  deve reduzir a estimativa de safra do país.
    
Os contratos com vencimento em outubro/11 encerraram a 101,48 dólares por libra-peso, com baixa de 77 pontos. Já a posição dezembro/11 encerrou com ganhos de 13 pontos a 103,47 dólares por libra-peso.

Por:
Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário