Radar do Mercado: Confira o fechamento do mercado em NY nesta sexta-feira

Publicado em 14/10/2011 13:19 e atualizado em 14/10/2011 18:59 428 exibições
Segue abaixo o resumo do desempenho do café,  suco de laranja e algodão na Bolsa de Nova York, ICE Futures US, na sessão desta sexta-feira, 14:

CAFÉ: Os contratos futuros do café arábica encerraram com valorização nesta sexta-feira, seguindo o bom desempenho das demais commodities.

A alta dos preços se deu com o suporte de coberturas de posição e compras aliadas a fatores técnicos. A queda do dólar também garantiu suporte aos futuros.

Com relação ao campo fundamental, as fortes chuvas previstas para as regiões cafeeiras do Brasil no próximos dias é favorável ao cultivo. Porém, a partir de então, há previsões de que o clima deverá permanecer seco até novembro. As chuvas irregulares poderão prejudicar as plantas, uma vez que um período seco repentino interrompe a formação de floradas.

Os contratos com entrega em março/2012 encerraram a 243,00 centavos de dólares por libra-peso, com valorização de 215 pontos. A posição maio/2012 é negociado a 244,35 centavos de dólares por libra-peso, com ganho de 175 pontos.

 
SUCO DE LARANJA: A Bolsa de Mercadorias para o suco de laranja também encerrou do lado positivos da tabela.

Os futuros nova-iorquinos atingiram o nível mais elevado desde 09 de setembro, impulsionados pelo rali generalizado das demais commodities agrícolas nesta sexta-feira, acionado pela fraqueza do dólar em relação a outras moedas.

Para a entrega em janeiro/2012, os contratos foram negociados a 167,50 dólares por libra-peso, com ganho de  425 pontos. A posição março/2012 encerrou  a  166,55 centavos de dólares por libra-peso, com valorização 480 de  pontos.


ALGODÃO: As negociações para o algodão também encerraram com tendência positiva na sessão desta sexta-feira na Bolsa de Nova York.

A queda do dólar aumenta a competitividade norte-americana no cenário exportador e influencia positivamente as negociações. O aumento nas exportações semanais para a China também atuou  como fator de suporte.

De acordo com informações do USDA, Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, as vendas, iniciadas em 15 de agosto da temporada 2011/12, ficaram em 63.000 fardos na semana encerrada em 06 de outubro.  

Os contratos com vencimento em dezembro/11 encerraram a  101,94 centavos de dólares por libra-peso, com alta de 38 pontos. Já a posição março/12 encerrou com ganhos de 56 pontos a  99,43 centavos de dólares por libra-peso.

Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário