Após alertar países do euro, S&P pode cortar nota de fundo europeu

Publicado em 06/12/2011 11:54 179 exibições
Um dia depois de levantar a possibilidade de rebaixamento da nota de crédito de 15 países da zona do euro, a agência Standard & Poor's (S&P) volta à cena ao colocar o rating de longo prazo "AAA" do Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (EFSF, na sigla em inglês) em observação (CreditWatch) com implicações negativas.

"O CreditWatch com perspectiva negativa indica, em nossa opinião, que existe ao menos 50% de probabilidade de que o rating vai ser reduzido no curto prazo", notou a S&P.

Veja a notícia completa no site do Valor Econômico

Fonte:
Valor Online

1 comentário

  • Telmo Heinen Formosa - GO

    Não precisa ser Economista para saber que o problema da Europa está no gasto excessivo. A média de idade de vida subiu, logo cada um terá que trabalhar mais tempo ou ficar mais tempo ganhando a mesma coisa ou seja, MENOS por mês. Por outro lado como diz a história, economia é uma coisa muito séria para ser tratada só por economistas como disse Delfim Neto há décadas. Um problema que eles não ENXERGAM é que eles tem 17 países com o 'Câmbio Fixo'... imagina se fosse aqui entre os paáises do Mercosul, as coisas custando ou melhor, sendo vendidas pelo mesmo número de dólares de prêço no Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai, Bolivia e Venezuela. Coisa sem noção... nenhuma chance. Pronto, expliquei!?

    0