Governador do RS defende direitos de agricultores na demarcação de terras

Publicado em 17/05/2013 08:34 603 exibições

Após a mobilização da Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar (Fetraf-Sul), ocorrida na quarta-feira (15), o governador Tarso Genro recebeu uma comissão de pequenos produtores e sindicalistas para debater o processo de demarcação de terras indígenas em áreas rurais do Estado movido pela Fundação Nacional do Índio (Funai). O chefe do Executivo reafirmou que o Governo gaúcho defende uma negociação que leve em consideração os direitos dos indígenas, mas preserve também a legitimidade das famílias que estão nestes locais. 

"Esta questão precisa ser resolvida por meio de um processo de negociação que envolva a União e o Ministério Público, além dos agricultores e indígenas", defendeu o governador. "Somos solidários com a inconformidade dos agricultores. Que é justa. Não é justo que eles sejam desalojados sem receber uma justa indenização e sem serem alocados em terras compatíveis", acrescentou. 

O governador se comprometeu a intermediar audiências em Brasília, na Casa Civil, no Ministério da Justiça e na Advocacia-Geral da União (AGU), na próxima semana.

Fonte:
Fetraf-Sul

1 comentário

  • Telmo Heinen Formosa - GO

    realmente Dalzir, cadê o pensamento do alcaide (Prefeito) de cada municipio citado? A declaraçao do Governador é apenas formal. Disse o que deveria dizer. Duvido que esteja pensando de acordo com os agricultores. Temos que falar a linguagem que "eles" entendem. PRESSÃO e não apenas barulho, copiando movimentos passados e conquistas obtidas.

    0