Publicidade

Cinegrafista é ferido por bala de borracha e diz que Polícia chegou atirando

Publicado em 30/05/2013 15:19 481 exibições

O cinegrafista da TV Morena, filiada da Rede Globo em Mato Grosso do Sul, Osni Miranda, relatou ao Campo Grande News como foram as cinco horas que a equipe ficou presa na Fazenda Buriti em meio ao confronto entre índios Terenas e policiais, durante ação de reintegração de posse. Ele contou que foi ferido por um tiro de bala de borracha que passou de raspão em sua cabeça e garantiu que a força policial já chegou ao local atirando.

A equipe teve acesso à fazenda por volta das 7h30 da manhã de hoje, antes da Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e de Operações Especiais) adentrar o lugar. Toda movimentação foi filmada e a sede estava pegando fogo. Quando Osni e o repórter Osvaldo Nobrega já estavam indo embora a polícia chegou atirando, fazendo com que os profissionais formassem espécie de escudo entre indígenas e polícia.

Leia a reportagem ná íntegra no site Campo Grande News

Fonte:
Campo Grande News

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

4 comentários

  • Izabel Lima Mococa - SP

    Agora vira manchete do jornal nacional...A tragédia anunciada tinha sido até agora solenemente ignorada...

    0
  • Izabel Lima Mococa - SP

    Ele devia estar de cocar da25 todo pintado de urucum, igual aos 3000 "indígenas" do local!!!

    0
  • Edison tarcisio holz Terra Roxa - PR

    só espero que esse reporter não distorsa as coisas

    0
  • Edison tarcisio holz Terra Roxa - PR

    que papel da igreja que eu achava que éra a minha mas agora não acho mais

    0