Procurador federal de MS defende corte especial para causas indígenas

Publicado em 19/06/2013 13:09 610 exibições

A criação de uma corte especial para julgar conflitos envolvendo índios e produtores rurais foi defendida pelo procurador da República em Mato Grosso do Sul, Marco Antônio Delfino de Almeida, durante audiência pública na Câmara Federal que discutiu propostas para solucionar a questão indígena por demarcações de terras no país. "Os julgamentos relacionados às questões indígenas são geralmente muito complexos, que demandam conhecimento técnico e necessidade de se debruçar sobre a questão, o que muitas vezes um juiz, envolvido em outras questões, acaba não tendo tempo necessário para se dedicar", declarou.

Leia a notícia na íntegra no site do G1 MS.

Fonte:
G1 MS

1 comentário

  • Osias Sampaio Santa Amélia - PR

    Embrapa nega ter contestado estudos da FUNAI. Veja matéria do Estadão:

    http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,embrapa-nega-ter-contestado-estudos-da-funai,1043223,0.htm

    0