Pressão política faz Funai suspender demarcação de Terra Indígena em Alagoas

Publicado em 23/08/2013 10:41
667 exibições

A Funai, cujos funcionários andam por aí dizendo que não abaixarão a cabeça para ninguém, suspendeu, por meio do memorando nº 876, o levantamento fundiário da Terra Indígena Xukuru-Kariri, situada em Palmeira dos Índios, Alagoas. “O Ministério da Justiça acatou os pedidos dos senadores Fernando Collor e Renan Calheiros; do deputado federal Renan Filho e do estadual Edval Gaia, além do prefeito de Palmeira dos Índios, James Ribeiro”, disse um indígena que não quis se identificar alegando razões de segurança. No último dia 8, o presidente do Senado Federal, Renan Calheiros, senador por Alagoas, encaminhou ofício ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, solicitando audiência para tratar do conflito fundiário em Palmeira dos Índios. O senador também se encontrou com a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann. Calheiros quer que a demarcação da Terra Indígena Xukuru atenda os parâmetros fixados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no caso da homologação da Terra Indígena Raposa Serra do Sol. Pouco mais de uma semana depois do encontro entre ministros, senador e prefeito, a Funai enviou o memorando para a regional de Alagoas determinando a retirada dos servidores do trabalho de campo na Terra Indígena Xukuru-Kariri, que engloba grande parte do território de Palmeira dos Índios incluindo milhares de propriedades rurais. O levantamento fundiário é parte do processo demarcatório, assim como os estudos antropológicos. O objetivo é analisar quantas propriedades estão dentro da terra indígena, seus donos, registros em cartório, cadeia dominial e se as ocupações são de boa fé. Com a suspensão do trabalho, o procedimento de demarcação está paralisado. Veja aqui o bravateiro da Funai dizendo que o órgão não vai abaixar a cabeça para coronel: 

 

Fonte: Blog Questão Indígena

1 comentário

  • JOAO AUGUSTO PHILIPPSEN Santo Augusto - RS

    Ta ai PELEGADA do MS e RS, o RENAN manda, voces são uns RATOS, bando de FROUCHOS.

    0