Adiada reunião entre governo e índios que cobram pedágio em rodovia

Publicado em 08/10/2014 14:34 240 exibições

O pedágio cobrado por indígenas na MT-170, que liga os municípios de Juína a Brasnorte, a 737 km e 580 km de Cuiabá, é ilegal, de acordo com a Fundação Nacional do Índio (Funai). Em nota enviada ao G1, o órgão afirmou que tem alertado os índios sobre a ilegalidade da prática de cobrança de pedágio. Conforme o órgão, os indígenas fazem o bloqueio e o pedágio 'à revelia da Funai, que não tem nenhuma tutela sobre eles'.

Desde o dia 1º deste mês, cerca de 100 índios da etnia Enawenê-nawê bloqueiam a ponte sobre o Rio Juruena, com toras de madeira e galhos de árvore. Os motoristas de carros e caminhões que precisam trafegar pelo local são obrigados a pagar um pedágio no valor de R$100 para seguir viagem. Já para os motociclistas, o valor do pedágio é de R$ 50.

Leia a notícia na íntegra no site G1 - Agrodebate

Fonte:
G1 - Agrodebate

1 comentário

  • Edison tarcisio holz Terra Roxa - PR

    cade o ministro da injustiça?????????????????????????? cade os defensores dos indios cade a cnbb acham isso coreto ?????????????????????????????????????????????

    0