Colheita da soja inicia no Ano-Novo em Mato Grosso.

Publicado em 30/12/2011 10:33 880 exibições
Véspera de Ano Novo representará o início da colheita de mais uma safra de soja para alguns produtores de Mato Grosso. Maioria dos sojicultores que investiu no plantio de variedades de ciclo menor, denominadas superprecoces, objetivando o plantio do algodão safrinha, começam os trabalhos na primeira segunda-feira de 2012. Regiões Oeste e Norte concentram maior número de propriedades com soja pronta para ser colhida.

No município de Sapezal (a 480 km de Cuiabá) há soja dessecada, pronta para ser colhida, relata o produtor e vicepresidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), José Guarino Fernandes. Previsão é que cerca de 57 mil hectares ocupados com a soja superprecoce sejam preenchidos com o algodão. Na última safra, acrescenta Guarino, a colheita da soja no Estado iniciou no final de dezembro.

“Com as novas tecnologias que permitem o plantio de variedades superprecoces é possível colher a soja até 95 dias após o plantio”. Há 3 anos, o tempo mínimo de maturação da oleaginosa era de 110 dias. Guarino revela que começará a colheita na sua propriedade em Sapezal em meados de janeiro. “Logo em seguida vou plantar milho”. Em todo município foram plantados 380 mil hectares de soja, que devem render 1,976 milhão de toneladas.

Em Lucas do Rio Verde (a 354 km da capital), previsão é que a colheita inicie em todas as propriedades a partir da segunda quinzena de janeiro, mas alguns produtores da região antecipam os trabalhos nas lavouras de soja para a semana que vem, conforme informações do sojicultor e atual presidente da Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso (Aprosoja), Carlos Henrique Fávaro. Nas propriedades irrigadas, a soja superprecoce ficou pronta para ser colhida mais cedo, acrescenta. “Quem planta algodão de segunda safra tem que fazer uma colheita de soja muito rápida”. Invariavelmente, o plantio começa nas últimas semanas de dezembro, podendo se estender até o fim de fevereiro.

Conforme estimativa do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) foram plantados 6,945 milhões de hectares de soja no Estado, área que deve render cerca de 22 milhões de toneladas do grão, volume 7,8% superior ao obtido na safra 2010/2011.

Tags:
Fonte:
AgroNotícias

0 comentário