Grãos fecham no vermelho com previsão de chuvas na América do Sul e financeiro negativo

Publicado em 05/01/2012 16:57 1427 exibições
A quinta-feira foi bastante negativa para o mercado internacional de grãos. A soja, o milho e o trigo fecharam o dia com fortes perdas refletindo o viés negativo que marcou os negócios no mercado financeiro hoje.

Com as principais bolsas de valores em queda - na Ásia, na Europa, nos Estados Unidos e até aqui no Brasil -, os investidores, novamente, voltam-se para ativos mais seguros, como o dólar e acabam provocando uma alta acentuada da moeda norte-americana. Com essa movimentaçao, as agrícolas acabam recuando em Chicago, uma vez que tornam-se menos competitivas e menos atrativas para os importadores.

Paralelamente aos fatores externos, o fator climático com a seca na América do Sul seguiu influenciando as cotações em Chicago. No entanto, hoje, o que o mercado negociou foi a escassez de novidades sobre a estiagem que pudessem permitir novas altas.

Com isso,  os  preços acabaram realizando os lucros acumulados na última semana diante da possibilidade de chuvas em importantes regiões produtivas do Brasil e da Argentina. As lavouras argentinas devem receber, de acordo com as previsões meteorológicas, precipitações que poderiam aliviar o estresse pelo qual passam as plantações.

Confira como ficaram os preços nesta quinta-feira:

>> SOJA


>> MILHO

>> TRIGO

Tags:

2 comentários

  • Ricardo Seghetto Passo Fundo - RS

    Exato amigo Juan, não é a previsão de chuva que vai fazer baixar o mercado, bolsa de chicago existe muita especulação.

    0
  • juan carlos gonzalez Paraguaçu Paulista - SP

    Sim chuvas que irá resucitar as lavouras perdidas!...o mercado só fica bom cuando há estiagem la nos gringos!

    0