Soja: À espera de relatórios, físico esfria

Publicado em 13/02/2012 09:17 687 exibições
Agentes do mercado nacional de soja trabalharam cautelosos na semana passada, à espera dos relatórios de oferta e demanda da Conab e do USDA. Com isso, a liquidez foi baixa no mercado físico e as cotações pouco oscilaram. Produtores consultados pelo Cepea se focam nos trabalhos de campo, onde avançam a colheita da soja e o cultivo da segunda safra de milho e algodão. Os dados da Conab ajustaram para baixo a produtividade na região Sul, como esperado. O Indicador ESALQ/BM&FBovespa (produto transferido para armazéns do porto de Paranaguá) foi de R$ 48,00/saca de 60 kg na sexta-feira, 10, estável se comparado à sexta anterior. Ao ser convertido para dólar (moeda prevista nos contratos futuros da BM&FBovespa), o Indicador finalizou a US$ 27,83/sc de 60 kg, recuo de 0,46% em sete dias. Quanto à média ponderada das regiões paranaenses, refletida no Indicador CEPEA/ESALQ, foi de R$ 46,06/sc na sexta, aumento de 0,5% em sete dias.
Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário