Soja: Comercialização de abril demonstra o aquecimento do mercado

Publicado em 15/05/2012 16:18 404 exibições
DISPARADA: O período compreendido entre os meses de abril e maio deste ano foi marcado pelos melhores preços absolutos da história. A média de preço no Estado no mês passado, que foi de R$ 49,50, já alta, neste início de mês aumentou para R$ 53,20, valorização de 7,5%. Devido a todo esse movimento financeiro positivo para o mercado da soja, a comercialização dos grãos entre abril e maio, tanto para esta safra, quanto para a safra 2012/13, aumentou consideravelmente. O estoque desta safra já conta com pouco mais de 5%, aproximadamente 1,2 milhão de toneladas, crescendo 8,3 pontos percentuais no período, influenciado pelo aumento de preço da saca, e fechou no último levantamento em 94,2% de comprometimento da produção. No entanto, o destaque ocorreu na comercialização da próxima safra, 12/13, cujos preços atrativos fizeram com que as vendas dos grãos e as trocas com os insumos passassem a comprometer 45,2% da produção estimada em 23,0 milhões de toneladas. A evolução foi de 21,7 pontos percentuais frente ao número divulgado em abril, quando então se tinham 23,5% da próxima safra vendida. A tendência dos negócios, com a continuidade do preço em alta, é que o produtor comprometa o valor referente ao custo dos insumos e mais uma parte para o custeio inicial da safra, como mão de obra e combustíveis.

Clique aqui e confira a análise na íntegra.

Tags:
Fonte:
Imea

0 comentário