Soja: Diferencial entre preço da paridade exportação e preço pago ao produtor já indica aumento do frete para a próxima safra

Publicado em 11/09/2012 08:26 1021 exibições
Os preços no mercado futuro da soja estão menores comparados ao preço disponível, no entanto, continuam atrativos a contar que 58,6% da produção da safra 2012/13 já foi comercializada. No mercado internacional a cotação de soja para março/2013 (H13) atingiu no último dia do mês de agosto US$ 16,82/bu, ou seja, R$ 74,50/saca em Paranaguá, considerando 10 pontos de prêmio. Com este valor, descontado o frete para Sorriso de R$ 235,00/t, se tem o preço de R$ 60,40/saca. Porém o que se tem visto tanto em Sorriso como em todo o Estado é que os preços já estão com uma desvalorização em relação à paridade para exportação. No município sorrisense o preço na última sexta-feira (31) foi de R$ 55,00, que no comparativo com a paridade, apresenta um spread de R$ 5,40/saca. O primeiro fator que começa a pesar no preço é a falta de demanda pelas tradings, que já compraram quantidades significativas e aguardam novas definições de safra para voltar ao negócio. Outro fator, mais preocupante, pode ser a projeção de frete para março do próximo ano, que já está sendo descontado no preço. Como a partir de setembro a nova legislação será posta em prática e então os impactos da readequação das transportadoras aparecerão, além dos aumentos de frete atuais, um novo patamar de preços poderá ser verificado na safra 2012/13.

Clique aqui para ler a íntegra do boletim

Tags:
Fonte:
Imea

0 comentário