Soja MT: Fatores climáticos influenciam para o bom desempenho da colheita no estado

Publicado em 15/01/2013 08:45
510 exibições
Iniciou-se a colheita em alguns dos principais municípios produtores de soja e o bom desempenho registrado nesta de safra deve-se, principalmente, às condições climáticas do Estado. Com o aumento de 818,6 mil hectares de área plantada ante a safra passada foi constatado que, além do aumento do plantio comum em áreas de solos argilosos, que apresentam maior capacidade de retenção de água, houve a semeadura em áreas de solos arenosos, que apresentam condições não tão favoráveis quando há déficit hídrico. Por  outro lado, o baixo volume de chuvas incentivou o crescimento das raízes das plantas, garantindo resistência extra e evitou a proliferação da ferrugem, preocupação de muitos produtores. Além disso, favoreceu o avanço da colheita e Mato Grosso fecha a semana com 1,0% de área total colhida. Dentre as regiões do Estado, aquelas que iniciaram a colheita no mês de dezembro, como a  oeste e a médio-norte, largam na frente, com 2,3% e 1,3% de área colhida até o momento, respectivamente. O município mais avançado é Sapezal, com 5,5% de colheita finalizada e com 1,5% de área destinada ao plantio do milho. Como foi visto na safra passada, a intensificação nos trabalhos nas outras regiões produtoras de 
soja é esperada para o final de janeiro. Resta aguardar os trabalhos para saber se o clima irá ajudar ou atrapalhar os resultados finais.

Clique aqui e leia a íntegra do Boletim Semanal do Imea.
Tags:
Fonte: Imea

Nenhum comentário