Expedição Cerrado acompanha safra 12/13 em Mato Grosso

Publicado em 17/01/2013 09:59 e atualizado em 17/01/2013 10:30
749 exibições
A colheita da soja já foi iniciada no centro-oeste brasileiro, mas com problemas. Em muitas regiões, a chuva que faltou em dezembro chegou em excesso em janeiro, dificultando a entrada das colheitadeiras nas lavouras e atrasando também o plantio das segundas safras.

As perdas consolidadas para as variedades de ciclos precoces da soja colocam em xeque estimativas de uma super safra brasileira, apesar das boas expectativas de produtividade para as variedades de ciclos mais longos.

De olho na safra e na agricultura brasileira, 20 alunos da Esalq-USP, entre o 3º e 5º ano de graduação em Engenharia Agronômica, embarcam neste mês na Expedição Cerrado 2013. Neste ano, os estudantes que fazem parte do Grupo de Experimentação Agrícola (GEA) - estágio oficial do Departamento de Produção Vegetal (LPV) têm como objetivo conhecer o estado do Mato Grosso e seu sistema de produção agropecuário, de forma a contribuir com a formação técnica dos alunos em diversas áreas do conhecimento. Durante a viagem serão feitas visitas agendadas em fazendas, empresas e consultorias agrícolas. Os estagiários realizarão levantamentos e relatórios de pragas, doenças, plantas daninhas e estratégias de manejo e administrativas adotadas para maximizar o lucro dessas empresas.

A viagem se iniciará em Piracicaba (SP), no dia 21 de janeiro, passando pelos estados de Minas Gerais e Goiás, até chegar em Mato Grosso, onde serão feitas as visitas. O GEA conhecerá diversas cidades movidas pelo agronegócio: Vilhena, Campos de Júlio, Sapezal, Nova Mutum, Lucas do Rio Verde, Primavera do Leste e Rondonópolis, terminando a Expedição Cerrado na ESALQ no dia 4 de fevereiro. Ao total serão rodados mais de 6000 km, com duração de 15 dias.

Em conjunto com a Integra e a Ceres Consultoria Agronômica, o GEA está organizando um Encontro Técnico para produtores, na manhã do dia 31 de janeiro, em Primavera do Leste (MT), com os palestrantes Prof. Dr. Ederaldo J. Chiavegato da ESALQ e o pesquisador da Fundação Mato Grosso, Eduardo kawakami, ambos especialistas na cultura do algodão. O objetivo será atualizar o agricultor sobre manejos técnicos relacionados à fenologia do algodoeiro e discutir sobre o panorama atual das lavouras e os manejos a serem feitos.

A Expedição Cerrado será realizada com patrocínio de empresas privadas e cobertura pelo Notícias Agrícolas.

Clique aqui para ampliar!

Tags:
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Luiz Fernando Faleiros Capetinga - MG

    Sucesso!!! Parabéns a todos que colaboraram e ao GEA ESALQ USP.

    0