Condições climáticas beneficiam safra de grãos no Rio Grande do Sul

Publicado em 25/01/2013 08:16 503 exibições
As condições climáticas registradas no último período beneficiaram a safra de grãos de verão no Rio Grande do Sul, conforme informações divulgadas, nesta quinta-feira (24/01), no Informativo Conjuntural da Emater/RS-Ascar.

As lavouras de milho, por exemplo, apresentam bom aspecto geral. A produção obtida até agora tem ficado acima do esperado, deixando satisfeitos os produtores. Dentre as distintas fases de evolução da cultura, a que apresenta maior percentual, no momento, é a de formação de grãos, com 30% do total. Também é expressivo o percentual de lavouras em maturação, com 23% da área nessa fase. Muitos produtores de milho aproveitam o bom momento pelo qual passa a cultura, em termos de cotações, para repetir o plantio com o grão nas áreas já colhidas, principalmente naquelas em que o primeiro corte foi destinado à silagem.

As chuvas regulares ocorridas no último período favoreceram a manutenção das reservas de água e contribuíram para a redução do gasto com energia para a irrigação nas principais regiões produtoras de arroz no Estado. A cultura encontra-se no período vegetativo, apresentando bom potencial de produção. No momento, os orizicultores realizam os tratos culturais, como aplicação de fungicidas, inseticidas e adubação nitrogenada nas lavouras do tarde. A ocorrência, na última semana, de um clima mais seco e com alta insolação favoreceu as lavouras nas fases de floração e formação dos grãos. 

As condições meteorológicas dos últimos períodos, especialmente a boa umidade do solo e a insolação, auxiliaram no desenvolvimento do feijão da 1ª safra no Estado. A colheita das lavouras já atinge os 60% da área estimada. Alguns produtores já iniciaram o plantio da safrinha do feijão, que apresenta boa germinação. Em relação à comercialização, permanece a tendência de alta no mercado, com a saca de 60 kg do feijão-preto cotada, nesta semana, a R$ 116,00, o que representa um aumento 4,19%. 

Outra cultura de verão, a soja também apresenta bom desenvolvimento vegetativo, principalmente as áreas que se encontram nas fases de florescimento e enchimento de grãos. Nessa semana, os produtores intensificaram o controle químico de ervas daninhas nas lavouras recém-implantadas e de lagartas e ferrugem. A escassez de umidade em algumas regiões, associada ao estágio em que se encontram as lavouras, começa a causar preocupação aos sojicultores, mas, conforme os técnicos da Emater/RS-Ascar, ainda é prematura qualquer avaliação sobre os reflexos desses fatores para a cultura. No atual momento, em todas as regiões produtoras, as estimativas de produção estão em patamares acima do esperado. 
Tags:
Fonte:
Emater/RS

2 comentários

  • Andre Luiz Scariot Gentil - RS

    Condições aqui na região não tao boas assim, pois o milho sofreu com a geada la ainda no período pós plantio, onde que aqueles produtores que resolveram não replantar o milho a população de plantas ficou baixa e os que resolveram replantar, agora o milho esta na fase de enchimento de grãos e chuva que é bão nada. O soja também enfrenta uma fase critica(parte enchimento de grãos e parte em floração) são 18 dias sem chuva e previsão de mais uma semana seca. E vamos em frente...

    0
  • Rudinei Luis Erpen Lagoão - RS

    Condiçoes climaticas boa? Para a soja não, a quase 20 dias sem chuva, na expectativa de uma chuva boa para hoje (25/01), a frente fria passou e trouxe muita pouca chuva, quase nada, raros os locais no estado que teve volumes altos, na maioria garoa. Com uma previsão de novos episodios de chuva somente para o inicio do mes chegaremos a quase um mes sem chuva. Até onde a soja ira resistir, uma vez que boa parte das lavouras no estado estão em floração e enchimento de grão? Clima favoravel? Safra recorde? Aqui no RS ta longe disto. Abraços e bom final de semana a todos.

    0