Soja: Atraso na colheita e frete mais caro travam negociações no spot

Publicado em 04/02/2013 10:17
552 exibições
Os negócios de soja no mercado spot voltaram a se reduzir, de acordo com informações do Cepea. O excesso de chuva em Mato Grosso, que tem atrasado a colheita frente a anos anteriores, e o aumento do custo do combustível, que já elevou os preços do frete, influenciaram a lentidão nesse período. A legislação que reduz o turno de trabalho de caminhoneiros também alterou o valor do frete. Vale considerar, ainda, que parcela expressiva da produção nacional a ser colhida já havia sido negociada antecipadamente. Quanto aos preços, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (produto transferido para armazéns do porto de Paranaguá), em moeda nacional, fechou a R$ 64,7/sc de 60 kg nessa sexta-feira, 1º, alta de 1,8% frente ao dia 25 de janeiro. Ao ser convertido para dólar, moeda prevista nos contratos futuros da BM&FBovespa, o Indicador fechou a US$ 32,56/sc de 60 kg, aumento de 4% no mesmo período. A média ponderada das regiões paranaenses, refletida no Indicador CEPEA/ESALQ, finalizou a R$ 60,75/sc de 60 kg na sexta-feira, com recuo de 1,94% entre 25 de janeiro e e 1º de fevereiro.
Tags:
Fonte: Cepea

2 comentários

  • Wesley Henrique Sorriso - MT

    Meu amigo Dalzir....só lhe informar...o frete de Sorriso - MT até o Porto de Paranaguá custava em torno de uns R$190,00 a tonelada.....hoje está na casa de uns R$240,00...e dai pra mais.

    Abçs.

    0
  • Wesley Henrique Sorriso - MT

    Boa Tarde a todos....olha o que nos parece é que nosso governo....age totalmente contrário aos esforços de nossos produtores. As estradas vão de mau a pior, o frete só sobe, e planejamento logístico está fora do dicionário de nossos políticos.
    Ainda é um absurdo o governo do estado do Mato Grosso implantar icms para fretes dentro do estado...me parece que é 17%. Gente!!!!....parece que para o governo o quanto mais pior...melhor.
    Esse imposto inviabiliza as negociações...tornando o frete ainda mais caro do que ele já é.
    Gostaria de propor uma redução de uns 20% no salário de todos os nossos políticos, e aplicarmos esse dinheiro em melhoria de nossas estradas para ajudar no transporte de nossas commodities até os produtos.
    Quem sabe assim mexendo no bolso deles...não se mexem para fazer alguma coisa em favor de nossas estradas e criando melhores condições de transporte para nossos produtos!!!!

    0