Soja: Avanço da produção faz PR criar medidas para escoamento

Publicado em 13/02/2013 15:30 441 exibições
 O crescimento sucessivo da produção brasileira de soja, que estimula fortemente o interesse do comprador internacional, fez com que o governo do Paraná criasse novas regras de escoamento da soja pelo porto de Paranaguá. A medida, anunciada em 1º de fevereiro, visa agilizar os embarques do grão e evitar longas filas no porto, que, geralmente, refletem em grandes prejuízos. Segundo estimativas da Conab, a safra 2012/13 brasileira deve ser 25,7% superior à do ano passado e, conforme dados da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento do Paraná (Seab), quase 20 milhões de toneladas da soja de todo o Brasil devem passar pelo porto de Paranaguá neste ano. Esse volume é 24% superior ao escoado por esse porto no correr de 2012. Durante a safra de grão, cerca de dois mil caminhões chegam ao porto de Paranaguá diariamente. Agora, com a nova regra, todos os caminhoneiros devem ter cadastros obrigatórios de carga, ou seja, precisam ter navios nomeados no porto para apenas depois descerem com o produto. Caso contrário, o caminhoneiro corre o risco de chegar até o porto e não descarregar. Com essa nova medida, segundo informações do Cepea, as negociações no porto de Paranaguá estiveram lentas nos últimos dias, visto que os navios devem começar a chegar na segunda quinzena de fevereiro, aproximadamente.
Tags:
Fonte:
Cepea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário