Safrinha de soja: Aprosoja-MT recomenda plantar só para fazer semente "salva"

Publicado em 06/08/2014 09:34 758 exibições

A Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MTaprovou nota técnica relativa à semeadura consecutiva da cultura da soja no estado – prática também conhecida como safrinha de soja. Para tanto, ouviu e debateu o tema com organizações como Fundação Mato Grosso e Embrapa Soja.

Em linhas gerais, a associação orienta que os produtores que optarem pelo plantio consecutivo de soja tenham obrigatoriamente o acompanhamento de um profissional habilitado, com recolhimento de ART (Anotação de Responsabilidade Técnica). É necessário ainda que o produtor siga as normativas específicas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), no caso de produção de sua própria semente (semente salva).

“A tomada de decisão é do produtor, mas deve ser feita com consciência e responsabilidade, respeitando as medidas fitossanitárias obrigatórias”, orienta o Diretor Técnico da Aprosoja-MT, Nery Ribas. Entre as medidas citadas, destaque para o Vazio Sanitário da cultura da soja e o Plano de Supressão da Helicoverpa armigera em Mato Grosso.

O plantio sucessivo de soja pode ampliar o risco de problemas fitossanitários gerados pela maior presença de inóculo de doenças. As principais ameaças são ferrugem asiática, nematoides e pragas como percevejos e lagartas.  Outro alerta é quanto à qualidade do solo, que pode ser prejudicada pela não diversificação de culturas.

Dados ainda preliminares apontam que neste último ciclo agrícola a área com safrinha de soja totaliza aproximadamente 100 mil hectares em Mato Grosso.

Tags:
Fonte:
Ascom Aprosoja

1 comentário

  • ROGER AUGUSTO RODRIGUES Cuiabá - MT

    A Aprosoja não recomenda o plantio em situação nenhuma. Ficou recomendado que caso o produtor opte pelo plantio da soja em segunda safra, siga todas as exigências legais, seja para produzir grão ou semente.

    0