MT/Soja: Plantio perto e preço longe

Publicado em 25/08/2014 07:52 382 exibições
Mais uma semana difícil para os sojicultores, em especial àqueles que tentam ‘janelas’ para travar preços no futuro

Das mais de 27,3 milhões de toneladas de soja previstas pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), ao Estado na safra 2014/15, apenas 8% desse total – pouco mais de 2 milhões de toneladas – estão comercializadas na modalidade venda futura, operação em que o produtor fecha um preço antes de plantar e entrega a produção após a colheita. No mesmo período do ano passado, o volume vendido chegava a quase 32%. O atraso de 23,2 pontos percentuais na comparação anual tem uma explicação: preços da saca em baixa.

A opção ‘futuro’ é muito utilizada no Estado e serve para capitalizar o sojicultor que com a venda antecipada tem condições de adquirir os insumos necessários à semeadura.

Sem valores que assegurem a rentabilidade do novo ciclo, ou em alguns casos que nem garantem o equilíbrio receita e despesa, o produtor mato-grossense segura os negócios, vê o tempo passar e o mercado ficar cada mais pressionado pelas certezas de que em 2015 a oferta de soja será maior que a registrada nos últimos anos. Mato Grosso está hoje a 22 dias do início do plantio, já que o Vazio Sanitário, período proibitivo à existência de plantas vivas de soja, termina no dia 15.

Leia a notícia na íntegra no site do Diário de Cuiabá.

Tags:
Fonte:
Diário de Cuiabá

0 comentário