Custo para preparo de lavouras de soja aumenta e preocupa produtores no MT

Publicado em 05/09/2016 07:57
679 exibições

Os produtores de soja em Mato grosso estão preocupados com os custos da lavoura que, neste ano, aumentaram bastante. O plantio da principal safra de grãos do estado terá início a partir do dia 15 deste mês, quando termina o vazio sanitário, e mais de 90% dos agricultores já compraram os insumos que irão precisar.

O produtor Gilberto Baldissera, que possui uma fazenda em Sinop, município a 503 km de Cuiabá, afirma alguns produtos subiram até 25% desde o ano passado, aumentando, assim, o quanto ele terá que gastar para plantar a lavoura de 1.600 hectares que possui.

Segundo ele, dois itens estão pesando mais nas despesas da lavoura: sementes e defensivos. As contas, conforme ele explica, são feitas em sacas de soja. No ano passado, foram necessárias 36 sacas por hectare para cobrir todos os custos, desde o plantio até a colheita. Como a saca, na época, estava cotada em R$ 52, ou seja, o agricultor gastou R$ 1.872 por hectare plantado.

No entanto, para a próxima safra, Baldissera estima que gastará, do plantio a colheita, 40 sacas por hectare. Como hoje o valor da saca no mercado custa R$ 70, o produtor teve que desembolsar R$ 2.880 para plantar um hectare de soja. “Você não reduz os custos, só vai vender menos e receber menos. Isso dói, é difícil”, lamentou.

Leia a notícia na íntegra no site G1 - MT.

Tags:
Fonte G1 - MT

Nenhum comentário