Soja MT: Estoque final da safra 2016/17 é estimado em 270 mil toneladas, prevê Imea

Publicado em 20/12/2016 06:44
220 exibições

Em dezembro o Imea atualizou as estimativas de oferta e demanda da soja em grão para as safras 2015/16 e 2016/17 em Mato Grosso.

A safra 2015/16 teve apenas os seus dados de demanda ajustados, com nova estimativa de demanda da safra projetada em 27,77 milhões de toneladas, representando uma alta de 1,2% em relação ao último relatório. Com a consolidação dos volumes esmagados em setembro e outubro acima do esperado o consumo de MT foi ajustado para 7,86 milhões de toneladas, contra a expectativa de 7,27 de outubro. Já as exportações consolidadas em setembro e outubro vieram um pouco abaixo do esperado, e por isso, a nova expectativa de exportação da safra foi recuada para 15,21 milhões de toneladas contra 15,46 milhões de toneladas aguardada anteriormente. Já o consumo interestadual não apresentou modificação nos dados ante ao previsto no último relatório.

Com o leve aumento na previsão de demanda da safra 2015/16, o estoque final da safra foi reduzido para 350 mil toneladas, refletindo sobre a oferta da temporada 2016/17 que está sendo projetada em 30,82 milhões de toneladas, com 30,47 milhões de toneladas sendo apenas referente a produção da nova safra.

Para a demanda da safra 2016/17, a nova estimativa apresentou um incremento de 0,6% em relação à previsão anterior, com todas as variáveis que compõe a demanda apresentando expectativa de crescimento para 2017 em relação ao que estava sendo aguardado em outubro. Na nova projeção é aguardado volumes de consumo de MT (esmagamento) e exportação inéditos pautados, principalmente, no grande potencial produtivo aguardado da nova safra. A expectativa é que se esmague 9,39 milhões de toneladas e exporte volume de 16,55 milhões de toneladas, o que representa um crescimento de 19,4 e 8,8%, respectivamente, em relação a quantidade projetada para 2016. Já o consumo interestadual, apesar de ter sua previsão elevada no relatório de dezembro em relação ao que se aguardava em outubro, passando de 4,5 milhões de toneladas para 4,6 milhões de toneladas, ainda assim, este valor representa cerca de 100 mil toneladas a menos do que foi enviado a outros estados na safra 2015/16.

Apesar da expectativa de crescimento da demanda para a safra 2016/17, a previsão de incremento da oferta um pouco mais acentuada refletiu sobre a previsão de estoques finais da nova safra que foram elevados para 270 mil toneladas. Apesar disso, a nova safra possui expectativa de apresentar um recuo de 19,7% em relação aos elevados estoques de 340 mil toneladas esperados para a safra 2015/16.

Tags:
Fonte:
Imea

0 comentário