Com reunião de Trump-Jinping e colheita nos EUA no radar, soja varia no positivo na CBOT

Publicado em 15/11/2018 09:29
454 exibições

LOGO nalogo

A soja na Bolsa de Chicago (CBOT) caminha nesta manhã de quinta (15) com os traders movimentando os contratos entre as expectativas do encontro dos líderes americano e chinês na reunião do G20 e certa lentidão notada na safra dos EUA. Sobre os ganhos moderados da véspera, os vencimentos estão variando pouco mais acima, entre 10 e 10.5 pontos.

A tela de janeiro estava em US$ 8,94, a de março em US$ 9,07 e a maio em US$ 9,20, por volta da 9h30 (Brasília).

O alcance da colheita da commodity está em 88% até a última semana, acima da semana imediatamente anterior, mas com o mercado esperando progresso de 91%. Também pode estar pesando que a colheita se encontrava atrás do mesmo período de 2017.

Pelo campo da geopolítica comercial, a cautela toma conta dos agentes diante das conversas entre Donald Trump e Xi Jinping que deverão ocorrer na cúpula das 20 nações mais ricas do mundo na Argentina, no final de novembro.

Há certa expectativa de que haja algum entendimento que se evite o agravamento da guerra comercial, de modo não ocorra uma queda da soja para as mínimas na CBOT, como disse nesta quarta o analista Marcos Araújo ao Notícias Agrícolas.

Tags:
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário