Colheita de soja no Brasil chega a 89,1% da área estimada, diz Safras

Publicado em 12/04/2019 17:15 e atualizado em 13/04/2019 15:19
221 exibições

SÃO PAULO (Reuters) - A colheita de soja no Brasil atingiu 89,1 por cento da área estimada na semana finalizada em 12 de abril, um avanço de 6 pontos percentuais em relação à semana anterior, informou nesta sexta-feira a consultoria Safras & Mercado.

Os números apontam que a atual safra segue em ritmo acelerado, à frente tanto da média normal de cinco anos para o período, de 85,3 por cento, quanto da colheita em igual momento de 2018 (86,6 por cento).

Na semana, o maior avanço registrado foi o da colheita em Santa Catarina, que adicionou 18 pontos percentuais e chegou a 68 por cento da área estimada. No Rio Grande do Sul, houve avanço de 16 pontos percentuais, enquanto na Bahia foram 14 pontos percentuais.

Após Mato Grosso e Mato Grosso do Sul terem concluído trabalhos já na semana passada, os Estados de São Paulo e Goiás se mostram próximos de finalizar colheita --ambos alcançaram 99 por cento do previsto nesta semana, segundo a Safras.

Veja mais detalhes na tabela a seguir:

 

- em % da área plantada -

-------------------------------------------------

 

Estados        2019        2019        2018        Média

               12/abr      05/abr      12/abr    Normal (x)

RS              69          53           52         57,2

PR              98          90           95         94,8

MT              100         100         100         98,8

MS              100         100         100         99,8

GO              99          97           99         98,6

SP              99          95           99         97,8

MG              95          90           95         89,2

BA               54          40          62         50,0

SC               68          50          65         65,0

OUT              76          70          80         65,8

BRASIL (*)      89,1        83,1        86,6        85,3

obs: (x) Média histórica de 5 anos. (*) Média po

Fonte: SAFRAS & Mercado

Tags:
Fonte: Reuters

Nenhum comentário