Cooperativas do PR estão recebendo um volume recorde de soja nesta safra

Publicado em 11/03/2010 15:10 460 exibições
As cooperativas do Paraná estão recebendo um volume recorde de soja nesta safra. Para se ter uma ideia, a cooperativa de Maringá armazenou num só dia 30 mil toneladas do grão. O risco agora é faltar espaço para tanta produção.

Para descarregar nos armazéns há uma fila tão grande quanto a safra que está sendo colhida. Só de soja devem ser armazenados no Paraná 13,4 milhões de toneladas. Um volume 40% maior em relação à safra passada. A preocupação é como estocar tudo.

Em todo Estado, são seis mil armazéns com capacidade para 26 milhões de toneladas de grãos. O problema é que grande parte já está ocupada com a produção de safras anteriores.

“Em torno de 25% a 30% do milho e do trigo do ano passado ainda se encontra depositado nos armazéns das cooperativas”, falou José Cícero Aderaldo, superintendente comercial da Cocamar.

O desafio agora é não comprometer a estocagem da nova safra. Nos últimos dias, a quantidade de soja para armazenar bateu recordes na região de Maringá. Só a Cocamar recebeu em 24 horas trinta mil toneladas, o maior volume já armazenado pela cooperativa até hoje.

Apesar da grande quantidade de soja que chega, por enquanto não há falta de armazéns. Boa parte da produção já segue direto para as indústrias. Só na cooperativa de Maringá são três mil toneladas de soja esmagadas por dia.

O superintendente da cooperativa explicou que ainda assim nesta safra será preciso recorrer a outros armazéns fora do parque industrial e que deve haver investimentos em novos silos. “Estamos planejando a construção de mais 80 mil toneladas de estocagem que deverão ficar prontas para a safra de verão do próximo ano”, disse Aderaldo.
Tags:
Fonte:
Globo Rural

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário