Sorriso: agricultores guardam soja nos armazéns à espera de bons preços

Publicado em 22/03/2010 08:53 742 exibições
Boa parte dos grãos de soja colhidos na região norte está estocada nos armazéns. A maioria dos produtores aguarda uma melhora no preço para vender o produto. O valor da saca teve uma diminuição de R$ 13,00 em relação ao mesmo período do ano passado. Cautelosos, os agricultores esperam.

Esta retração pode gerar problemas quanto a colheita e estocagem do milho safrinha. Com os armazéns lotados de soja, pode faltar espaço para o milho. A situação poderá ficar critica em Sorriso e Lucas do Rio Verde que é o campeão brasileiro na produção de safrinha. Em Sorriso por exemplo, a safra da soja deve fechar em 1,8 milhão de toneladas e boa parte dela está nos armazéns. Além da oferta ser grande, o preço em baixa, outro agravante é o frente alto.

Conforme Só Notícias já informou, a antecipação da safra em Mato Grosso coincidindo com a colheita na região Sul, a escassez de caminhões ficou grande, encarecendo o transporte.
Segundo Elso Pozzobon, presidente do Sindicato Rural de Sorriso, ano passado o preço do transporte da tonelada girava em torno de R$ 180,00, agora custa de R$ 220,00 A 230,00 a t. “A comercialização está lenta. Em Sorriso, os agricultores tem uma boa capacidade de silos, mas estão cheios de soja, então estamos prevendo que irá faltar espaço para o milho, se nada for alterado em relação ao preço da soja” completou o sindicalista.

O auge da colheita do milho safrinha acontece no final de junho e inicio de julho.
Tags:
Fonte:
Agronoticias

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário