Soja e milho batem recordes no oeste da Bahia

Publicado em 19/05/2010 09:54 429 exibições
As condições climáticas, de maneira geral, favoráveis levaram a produção de soja do Oeste da Bahia a superar, pela primeira vez, os 3 milhões de toneladas. Dados do 3º levantamento da safra do Oeste da Bahia – 2009/10, apontam que a produção alcançou o volume recorde de 3,213 milhões de toneladas, 28% a mais do que a safra passada.

A área plantada com o grão cresceu 6,8%, passando para 1,05 milhão de hectares, com produtividade de 51 sacas de 60 kg por hectare, enquanto na safra 2008/09 a produtividade foi de 42,5 sacas/ha. “A produtividade recorde da soja nesta safra só não foi maior por conta das interferências climáticas provocadas pelo fenômeno ‘El Niño’, que  gerou veranicos (período de estiagem acompanhado por calor intenso e baixa umidade) isolados em algumas microrregiões”, diz o diretor executivo da Associação de Agrigultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Alex Rasia.

O milho, apesar da diminuição da área plantada, que caiu 5,6%, para 170 mil hectares, bateu recordes de produção e produtividade. De acordo com os dados do levantamento, a produção do cereal atingiu 1,479 milhão de toneladas nesta safra, 1,4% maior do que a anterior. Já a produtividade aumentou 7,4%, chegando a 145 sacas de 60 kg/ ha.

O algodão, segunda maior cultura em área da região, manteve os níveis de produção, mas a colheita deve se intensificar no fim deste mês.  Enquanto a produção do Oeste do estado cresceu 13,9%, para 983,7 mil toneladas de algodão em capulho (393 mil toneladas de pluma), com produtividade de 270 arrobas de capulho por hectare (+22%) ou 108 arrobas de pluma/hectare, e área de 242,9 mil hectares (-7,2%), no Sudoeste a produção caiu 8,9%, para 34,7 mil toneladas de algodão em capulho (13,9 mil toneladas de pluma), com produtividade de 170 arrobas/hectare (-10%), ou 68 arrobas de pluma/hectare e área plantada de 13,6 mil hectares (+0,2%).

O 3º levantamento da safra do Oeste da Bahia – 2009/10 realizado pela  Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), conta também com a participação de outras associações, órgãos oficiais do Governo Estadual e Federal, além das empresas do complexo soja.

Preço – O valor arrecadado com a produção da soja na safra de soja 2009/10 também foi maior. Desta vez, o Valor Bruto da Produção (VBP) chegou a R$ 1,76 bilhão, enquanto na safra passada ele foi de R$ 1,70 bilhão. O preço poderia ter sido maior, mas foi afetado pela forte desvalorização do dólar (de 2009 até o momento), de acordo com Rasia.

O algodão recuperou bem os preços com a retomada do consumo mundial e pela forte redução de área da fibra. O VBP na safra 2009/10 chegou a R$ 1,21 bilhão, enquanto no ano passado o valor foi de R$ 1,19 bilhão. Já a produção de milho somou R$ 365,3 milhões, queda em relação à safra 2008/09, quando atingiu R$ 492 milhões. Ainda segundo Alex Rasia, o preço baixo do milho reflete o excesso de oferta no mercado. “O consumo não acompanha a oferta, mas a boa produtividade compensa o preço”, conta.

Tags:
Fonte:
AI Bahia Farm Show

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário