China ameaça suspender compras de soja da Argentina

Publicado em 08/06/2010 10:45 551 exibições
Após as reuniões realizadas na última semana em Pequim, entre autoridades chinesas e argentinas, os dois países não chegaram a um entendimento sobre as barreiras impostas pelo país asiático ao óleo de soja  exportado pela Argentina.

Mediante os desentendimentos, a China alertou de maneira extra-oficial, que pode paralisar também as compras da soja argentina, se o país latino mantiver as medidas antidumping aplicadas a pelo menos 20 produtos exportados pelo ‘gigante asiático’.

Se efetivada a ameaça do governo chinês, a comercialização de metade da safra argentina de soja estará em risco. Em números globais, estima-se 27,5 milhões de toneladas da oleaginosa, avaliados entre 9,5 e 10 bilhões de dólares.

O impacto da possível nova represália chinesa seria fortemente sentido na economia argentina, que deixaria de arrecadas US$ 3,5 bilhões em impostos de exportação.

Tags:
Fonte:
Complexo Soja

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário