Estoque de soja cai 43,1% entre 2008 e 2009

Publicado em 08/06/2010 13:11 321 exibições

Segundo a Pesquisa de Estoques do 2º semestre de 2009, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), os maiores estoques registrados em 31 de dezembro de 2009 foram os de milho em grão(10.403.324 t), de trigo em grão (5.213.255 t), de arroz em casca (2.590.607 t), de soja em grão (1.971.886 t) e os de café em grão (1.023.828 t). Comparados aos estoques existentes em 31 de dezembro de 2008, tiveram variações positivas os de milho (18,6%), arroz (22,1%) e café (0,9%), e negativas os de trigo (-0,9%) e soja (-43,1%).

De acordo com o relatório, houve decréscimo de 0,6% no número de estabelecimentos ativos da rede armazenadora de produtos agrícolas, na comparação com o 1º semestre. Dos 8.821 estabelecimentos ativos, 42,9% encontravam-se no Sul, 22,8% no Sudeste, 22,3% no Centro-Oeste, 8,5% no Nordeste e 3,5% no Norte.


Já a capacidade útil de armazenamento cresceu 0,5% e 0,3%, respectivamente, nos armazéns convencionais, estruturais e infláveis e nos silos, e decresceu 0,5% nos armazéns graneleiros e granelizados.


A capacidade útil dos armazéns convencionais, estruturais e infláveis somou 77.316.566 m3 e 70,7% deste total estava nas regiões Sudeste e Sul. Os armazéns graneleiros e granelizados somavam 52.836.201 toneladas de capacidade útil, com destaque para o Centro-Oeste (49,7% da capacidade) e o Sul (33,6%). Os silos para grãos apresentaram 45.553.726 toneladas de capacidade útil, detendo a região Sul 55,1% deste total e as regiões Centro-Oeste e Sudeste 26,5% e 13,3%, respectivamente.

 

Tags:
Fonte:
Investimentos e Notícias

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário