MT: Sojicultor tem pior rentabilidade

Publicado em 18/06/2010 13:38 364 exibições
A sojicultura mato-grossense está amargando a menor rentabilidade das últimas quatro safras. O lucro está em média R$ 140 por hectare. No ano passado, o ganho ficou numa média de R$ 150. Os R$ 10/ha de diferença implicam no comprometimento dos investimentos para a próxima temporada.

O câmbio, a queda de preço no mercado e a redução na produtividade são os principais fatores que influenciaram na baixa remuneração do setor.

O diretor-executivo da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Seneri Paludo, afirma que a rentabilidade não chega a 10% do total do valor investido, e que o ideal seria entre 10% e 15%, para serem aplicados na manutenção ou ampliação da produção.

"O histórico aponta um rendimento entre 10% e 15%. A queda registrada vai ter reflexo principalmente na próxima safra".

O presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), Glauber Silveira diz que esta baixa é perceptível e que a desvalorização do dólar e os preços menores que no ano anterior são os principais motivos.

"O dólar e os preços despencaram e por mais que os custos tenham caído um pouco, não foram proporcionais à diminuição no faturamento".

Atualmente, o custo da produção da soja está em média R$ 1,493 mil por hectare, e a rentabilidade estaria em 9,37%. Há um ano, a rentabilidade estava em torno de R$ 150/ha e Silveira recorda que as expectativas era de que aumentasse na safra 2009/2010.

"Vínhamos de consequentes valorizações e os produtores acreditavam que este ano iria superar o ano anterior, mas houve prejuízo na comparação entre os anos".
Tags:
Fonte:
A Gazeta

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário