IMA inicia vistorias do Vazio Sanitário da soja

Publicado em 01/07/2010 08:45 274 exibições
Seis técnicos agrícolas e engenheiros agrônomos do Instituto Mineiro de Agropecuária farão, neste mês, vistorias em 280 propriedades rurais de Uberaba e região para fiscalizar o Vazio Sanitário da Soja. De 1º de julho a 30 de setembro, o plantio de soja em todo o território mineiro estará proibido, a não ser nas áreas de pesquisa científica e de produção de sementes genéticas autorizadas.

Segundo Rony Adolfo, coordenador regional do Instituto, o objetivo do vazio é evitar que o fungo causador da ferrugem da soja se multiplique durante o final da entressafra. Quem não obedecer a este período sem plantação será autuado com multas entre 1.500 Ufemgs (Unidade Fiscal do Estado de Minas Gerais) e 5 mil Ufemgs, além de ter o vazio executado. Como cada Ufemg vale R$ 1,9991, as multas irão variar entre R$ 3 mil e R$ 10 mil.

“Já temos visto em alguns locais que os lavradores estão obedecendo ao vazio, assim como ocorreu no ano passado, quando apenas seis proprietários rurais foram autuados”, destaca.

Em Uberaba, assim como no restante do Estado, haverá também o período do Vazio Sanitário do Algodão, que será entre 20 de agosto e 20 de outubro.

Tags:
Fonte:
Jornal da Manhã

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário