Dúvidas quanto à ''soja louca'' deixam produtores de Sorriso em alerta

Publicado em 12/08/2010 09:18 520 exibições
A origem, a causa e até mesmo o que é a “soja louca”, como é conhecida, ainda é desconhecida tanto pelos produtores quanto para os pesquisadores.
 
Em Sorriso, a anomalia já foi registrada em seis plantações. De acordo com o Presidente do Sindicato Rural do município, Elso Pozzobon, a doença afetou áreas significativas, onde não houve produtividade. Já no município de Vera, a 60 km de Sorriso, a "soja louca" chegou a atingir mais de 100 hectares, onde houve queda na produção.
 
“Os produtores estão atentos quanto à nova doença, porém até agora não há nenhum diagnóstico concreto, pois os pesquisadores não chegaram até o causador”, pontuou o presidente.
 
A Embrapa e a Aprosoja seguem desempenhando pesquisas, já chegaram a suspeitas e indícios, porém até agora não há nada comprovado.
 
Segundo o pesquisador da Embrapa Soja, Maurício Conrado Meyer, a “soja louca” já havia sido observada há mais de 10 anos em regiões do Pará, Maranhão, Tocantins e norte de Mato Grosso. "Era um problema esporádico, em regiões mais quentes, e que agora aparece de maneira mais generalizada", ressaltou o pesquisador.
 
A doença que não possuiu ciclo definido, impede que a planta produza vagens, pois as hastes ficam deformadas, as folhas escuras e a planta não produz grãos. De acordo com o Pozzobon, até que não se descubra a origem da doença, será difícil recomendar ao produtor quais as ações para prevenir a “soja louca”.
 
Nesta semana, os principais pesquisadores brasileiros e produtores de soja estão participando, em Brasília, da XXXI Reunião de Pesquisa de Soja da Região Central do Brasil. No encontro estão sendo discutidos assuntos relativos ao plantio de soja, entre eles o avanço da nova doença, as últimas constatações. Além disto, serão definidas as recomendações para o cultivo da soja na próxima safra.
Tags:
Fonte:
Expresso MT

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário