Preços da soja caem em Chicago com dados de produtividade maior nos Estados Unidos

Publicado em 20/08/2010 18:34 609 exibições
A projeção de aumento da produtividade nas lavouras de soja norte-americana pressionaram os preços futuros na bolsa de Chicago (CBOT). Contudo a queda foi limitada porque os participantes acompanham com atenção as notícias sobre a síndrome da morte súbita, doença fúngica que pode provocar perda de rendimento das plantas. 
O vencimento novembro, mais negociado, fechou com queda de 8,25 cents, ou 0,8% no dia, para US$ 10,04/bushel. O contrato setembro recuou 7,50 cents, ou 0,74%, para US$ 10,0925/bushel. Os preços recuaram diante da divulgação de relatório final da expedição promovida pelo grupo Professional Farmers of America (Pro Farmer) pelas principais regiões produtoras do Meio-Oeste americano, que apontaram aumento da produtividade em algumas lavouras do Meio-Oeste. 
A projeção da Pro Farmer, divulgada após o fechamento da bolsa, aponta para uma produtividade de 44,9 bushels por acre e uma safra de 3,5 bilhões de bushels (95,26 milhões de toneladas). O número é maior que o estimado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) de 3,433 bilhões de bushels e rendimento médio de 44 bushels por acre. 
A perspectiva de chuva para Illinois, Indiana e Iowa nesta semana aumentou a pressão sobre a bolsa. Os analistas afirmam que a chuva podem a elevar ainda mais o potencial de produtividade da safra. 

Tags:
Fonte:
Redação NA

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário